Vender imóvel que estou como locatário?

É possível vender um imóvel no qual estou atualmente como locatário? Como isso funciona?

10 curtidas

Você não pode vender um imóvel se você só está alugando ele.

O direito de vender é só do dono ou de alguém que ele autorize, como um agente imobiliário.

Mas tem umas coisas que podem parecer venda, mas são diferentes:

  • Sublocação;

  • Transferência de Contrato de Locação;

  • Direito de Preferência.

Aí sim, você teria a chance de comprar antes de ele oferecer para outros.

Se você tá interessado em comprar o lugar que você tá alugando, fala direto com o dono para ver se dá para negociar algo.

9 curtidas

Não tem como você vender um lugar que não é seu e você está só de passagem.

De acordo com a Lei do Inquilinato (Lei nº 8.245/91), você como locatária/inquilina @GiovannaOliveira tem direito de preferência para comprar o imóvel nas mesmas condições oferecidas a terceiros.

Ou seja, se o proprietário estiver interessado em vender o imóvel e receber uma proposta de compra, ele precisa te comunicar, que terá 30 dias para decidir se deseja adquirir o imóvel pelo mesmo valor e condições.

8 curtidas

Realmente @GiovannaOliveira , no caso dessas situações onde pode parecer que são vendas, é só entender o que cada uma tem como intuito.

  1. Sublocação: Se o contrato deixar, você pode sublocar o imóvel para outra pessoa, enquanto você ainda paga o aluguel pro dono.

  2. Transferência de Contrato de Locação: Às vezes, você pode transferir seu contrato de aluguel para outra pessoa, se o dono concordar.

  3. Direito de Preferência: Em alguns contratos, principalmente de imóveis comerciais, pode ter uma cláusula que te dá a chance de comprar o imóvel se o dono decidir vender enquanto você está alugando.

9 curtidas

Uma amiga minha morava de aluguel há uns 5 anos e recebeu uma notificação do dono sobre a intenção de vender o imóvel.

Conversando com ela, me contou que o documento mencionava que, conforme a Lei do Inquilinato, ela tinha o direito de preferência para adquirir o apartamento pelo mesmo preço e condições oferecidos a terceiros.

A notícia veio em um momento em que ela já considerava a possibilidade de comprar um imóvel e então juntou o útil ao agradável.

Eles conversaram e combinaram tudo direitinho, no fim os dois saíram ganhando!

8 curtidas